Cartões de Créditos poderão ter limitações nas cobranças de juros

A matéria está sendo apreciada pelo Senado Federal.

Tramita no Senado Federal um Projeto de Lei PLC 245/2016, que propõe o limite para cobranças de juros dos cartões de créditos.

Atualmente já ultrapassa os 400% (quatrocentos por cento) os juros cobrados pelos cartões de créditos ao ano, e a proposta é limitar no máximo em 28,5 (vinte e oito vírgula cinco por cento) ao ano.

O Projeto de Lei foi apresentado pelo senador Gladson Cameli, e a finalidade é estabelecer que o máximo a ser cobrado pelos cartões será o dobro do valor da taxa Selic, que atualmente é de 14,25% (quatorze vírgula vinte e cinco por cento) ao ano.

A taxa Selic é utilizada pelo Banco Central para controle da inflação no Brasil, sendo a taxa básica de juros da economia no país, que está ligada a todos os setores da economia, da bolsa de valores ao consumo dos cidadãos.

As razões que levaram o senador Gladson a propor o Projeto de Lei no Senado foi o sofrimento dos brasileiros com o absurdo cobrado pelos cartões de créditos em relação às taxas de juros.

Aguarda-se a designação de um relator na CAE – Comissão de Assuntos Econômicos.

(Matéria escrita e publicada pelo Advogado Sérgio Marcelino Nóbrega de Castro com base em matéria da Agência Senado).

Publicado em 12 de outubro de 2016

Perguntas Relacionadas

Confira as vantagens

Juristas cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diáros da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro