Advogado mata seu cliente

Canetada do advogado matou o seu próprio cliente.

O advogado Clayton Colavitte de 32 anos é suspeito de matar o seu próprio cliente. O fato ocorreu na madrugada desta quinta-feira, dia 09 de junho de 2016, na cidade de Jales-SP. A polícia está apurando o caso, mas, conforme informações prévias do andamento das investigações a Polícia informou que o advogado foi imobilizado pelo seu cliente o Sr. João Antonio de Pádula, de 53 anos, dentro do seu escritório numa discussão. 

Não se tem informações sobre a motivação da briga. Sabe-se que o cliente vitimado foi vereador de São Francisco-SP, cidade próxima a Jales-SP, no período de 2001 a 2004. Ainda de acordo com a polícia, durante a briga quando o advogado foi imobilizado, com um golpe conhecido como “gravata”, o advogado pegou uma caneta e atingiu o pescoço do seu cliente. 

A vítima ficou de pé por alguns instantes, momento em que foi atingida novamente na cabeça com um enfeite de mesa. A vítima morreu no local. O advogado percebendo que tinha matado o seu cliente, fez contato com um amigo policial que, ao chegar no local acionou o delegado plantonista. O advogado foi preso em flagrante e prestou depoimento no plantão policial de Jales – SP. O corpo de João Antonio de Pádula está no IML de São José de Rio Preto-SP. O funeral provavelmente ocorrerá na Câmara Municipal de São Francisco-SP, onde a vítima foi vereador.

(Matéria escrita e publicada pelo Advogado Sérgio Marcelino Nóbrega de Castro)

Publicado em 9 de junho de 2016

Perguntas Relacionadas