Simonetti em entrevista a AllTV: “Nosso partido é a advocacia”

Ele anuncia que pretende realizar um censo, “em prazo exíguo”, para conhecer melhor as advogadas e advogados por todo o país.

O presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti, participou, na segunda-feira (4/4), do programa Horário Nobre, na AllTV.  Na entrevista ao advogado Marcelo Nobre, Simonetti lembrou de sua trajetória na advocacia, das origens simples de seu pai, do papel da instituição de defensora da Constituição e da sua passagem pelo Sistema OAB, no Conselho Federal – ele participou dos últimos três mandatos antes de presidir a entidade. 

Simonetti pontuou duas marcas de sua gestão na entrevista. Uma é a preocupação candente com a “advocacia para os advogados”. Ele anuncia que pretende realizar um censo, “em prazo exíguo”, para conhecer melhor as advogadas e advogados por todo o país.  E diz que “a OAB está de portas abertas a todos”. 

Outra preocupação é com o papel da Ordem como guardiã do Estado Democrático de Direito, em especial neste ano, com eleições majoritárias se aproximando. "A Ordem nunca foi partidária, nosso partido é a advocacia, e nossa ideologia é a defesa intransigente da Constituição.” Assim sendo, conclui Simonetti, o Conselho Federal defenderá o modelo atual eleitoral, que é eficaz, e a soberania do voto.

Exemplo do pai

Simonetti contou que ele e seus irmãos têm no pai, o advogado Alberto Simonetti Cabral Filho, a sua maior inspiração. “Ele deixou esse legado de compromisso com o estudo, da pacificação social por meio de gestos humanitários”, disse. 

No Sistema OAB, o presidente da instituição revelou alguns dos desafios superados, principalmente na pandemia. Ele destaca que a realização do Exame de Ordem foi um dos maiores. 

“Como reunir 60 mil, 70 mil inscritos na pandemia?”, lembrou ele, ao mencionar que a Ordem aplica três exames por ano, com duas fases cada, e teve de adiar as provas, ouvindo queixas de muitos recém-formados. Ao final, conseguiram realizar os eventos, aos poucos. “Com os adiamentos, chegamos a ter mais de 200 mil candidatos, foi uma logística complicada. Mas, agora, desde o início do ano, está tudo normalizado.”

O entrevistador questionou o porquê da baixa aprovação no Exame – Simonetti confirma que a taxa de aprovação é de cerca de 15%. Mas a culpa, diz ele, não é da Ordem. “O bacharel vai lidar com a mesma responsabilidade do sênior. Precisa saber o mínimo.” O presidente da OAB Nacional conta que uma das lutas que a Ordem vem travando na sua gestão é garantir que os pareceres enviados ao Ministério da Educação (MEC), sempre que um curso é criado, tenham caráter vinculativo.

Assista ao programa aqui na íntegra.

Publicado em 7 de abril de 2022
Fonte: Portal OAB

Perguntas Relacionadas

Confira as vantagens

Cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Para quem não é jurista, pode retirar suas dúvidas com os juristas do Portal Justiça na seção de perguntas.

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diários da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro