Pergunta

Qual a real intenção na busca excessiva EM PROTEGER e beneficiar criminoso?

Não sabem mais o que fazer para chamar atenção e ter a sua vaidade o seu ego ser insuflado. Se criou o péssimo e maldoso hábito de tratar bandido como eterna vítima. Afinal assim, talvez o meu artigo, as minha ideias serão postadas em algum lugar. O cidadão não tolera mais esse tipo de comportamento frio e antiético.
PERGUNTA: Qual a real intenção na busca excessiva EM PROTEGER e beneficiar criminoso? Sendo que ele já infringiu o maior bem que é a VIDA de outrem.

há há 5 meses

1 Resposta

Se um bandido chegar em um hospital sangrando os médicos não podem se recusar a tratar do seu sangramento, por uma razão muito simples, incorrerá o médico em "omissão de socorro". No Estado de Direito não há espaço para punir um criminoso cometendo um crime. No caso do estupro permitido pelo Estado brasileiro, conforme consta no artigo publicado no Portal Justiça, não tem a finalidade de defender bandido, mas, chamar à atenção da sociedade brasileira para o crime que o Estado brasileiro permite que seja consumado contra um ser humano que está sob à custódia do Estado, que prendeu para punir, e não pode ir além das penas impostas pelo Código Penal Brasileiro. Neste diapasão lhe respondo com convicção de um jurista e não de um vingador que visa combater um crime cometendo outro. DEUS a proteja de um dia você não ter um filho preso por qualquer crime banal, pois, será vítima desse Sistema que você aprova. Não sou a favor do crime nem do criminoso, só não concordo que aprisione um ser humano e lhe obrigue a ser estuprado pelos colegas de presídio. A Justiça deve ser feita com um sistema justo e não por um sistema criminoso. Provavelmente você deve ser a favor da tortura dos presos. Lamento que existam seres humanos que pensem assim. Por fim, gostaria de deixar bastante claro que não me referi em momento algum do artigo que escrevi aos estupradores e sim a qualquer preso, por qualquer delito, ou até mesmo o que foi preso para averiguações. Que DEUS lhe abençoe. Felicidades.

há 5 meses
Confira as vantagens

Cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Para quem não é jurista, pode retirar suas dúvidas com os juristas do Portal Justiça na seção de perguntas.

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diários da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro