Pergunta

Demora no mandado de segurança

Estou com um mandado de segurança desde novembro do ano passado e até hoje não foi julgado em primeira instância, uma vez que o juiz indeferiu a liminar. A advogada entrou com agravo no TJMG e até hoje não foi julgado também. O que posso fazer pra que isso se resolva logo?

Desde já, grato

há um ano atrás

1 Resposta

O Mandado de Segurança, em tese, deve ser julgado rapidamente, para atender a finalidade a qual se destina, contudo, no Judiciário brasileiro a velocidade de processamento dos processos é absurda.

A sua advogada agiu bem em ajuizar o Agravo de Instrumento para o Tribunal para conseguir na segunda instância o que não obteve na primeira instância.

O Agravo deve ter sido ajuizado com o pedido de "efeito suspensivo ativo" para que o Tribunal tenha a obrigação de respondê-lo mais rapidamente, não sei se sua advogada fez o mencionado pedido.

Como sugestão para acelerar o julgamento do Agravo de instrumento a sua advogada deverá peticionar nos autos provocando a Decisão. Caso não haja julgamento rápido, outro caminho é ir à Corregedoria de Justiça do Tribunal para que tome uma providência, o que em regra surte efeito, pois a cobrança da Corregedoria de Justiça tem um peso importante no Tribunal.

Espero que tenha ajudado, se é que o Mandado de Segurança ainda não foi julgado.

Não houve resposta antes porque eu estava viajando.

Felicidades.

um ano atrás
Confira as vantagens

Juristas cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diáros da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro