Usuários do peticionamento eletrônico devem se cadastrar para utilizar novo sistema

O peticionamento eletrônico no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ganhou um upgrade.

O peticionamento eletrônico no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ganhou um upgrade que vai facilitar consideravelmente a rotina de trabalho dos profissionais que utilizam a ferramenta.

A Central do Processo Eletrônico, que, além do peticionamento, inclui a visualização de processos e o gerenciamento personalizado, será lançada ainda em junho no portal do STJ. É um espaço que vai unificar diversos serviços relacionados ao processo eletrônico.

Para o primeiro acesso, o usuário deve se cadastrar (usando um computador) e criar login e senha. No caso do advogado, o certificado digital será solicitado durante esse procedimento (uma única vez) e os dados serão validados no cadastro da Ordem dos Advogados do Brasil, de forma automática.

A partir de então, o computador poderá ser substituído por outro dispositivo, como um tablet e até um smartphone com internet. Com apenas o login e a senha, será possível não apenas peticionar, como também gerenciar os próprios processos e demais conteúdos nesse espaço que foi pensado e idealizado para o cliente externo do STJ – advogados, partes, defensores públicos, procuradores, tribunais, Ministério Público e entes públicos.

Entes públicos

Os representantes dos entes públicos não credenciados devem encaminhar ofício e formulário padronizado – juntamente com os documentos nele indicados (digitalizados) – à Secretaria dos Órgãos Julgadores (SOJ), por meio do endereço eletrônico [email protected].

Será fornecida uma senha ao administrador indicado pelo órgão, ao qual compete cadastrar os demais usuários para acesso à Central do Processo Eletrônico.  

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo telefone (61) 3319-8410 ou pelo e-mail [email protected].
Publicado em 6 de junho de 2018
Fonte: Portal STJ

Perguntas Relacionadas

Confira as vantagens

Cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Para quem não é jurista, pode retirar suas dúvidas com os juristas do Portal Justiça na seção de perguntas.

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diários da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro