Acórdão

2071829 0 false false /acordao/2071829 Ementa Ementa: AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. PREVIDENCIÁRIO. PENSÃO. HABILITAÇÃO. RESERVA DE QUOTA POR GARANTIA. NECESSIDADE DE REEXAME DE LEGISLAÇÃO LOCAL E DO REEXAME DO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO. SÚMULAS/STF 279 E 280. AGRAVO A QUE SE NEGA PROVIMENTO. I - Para divergir da conclusão adotada pelo acórdão recorrido, seria necessário o reexame do conjunto fático-probatório constante dos autos e a realização de nova interpretação da legislação infraconstitucional local aplicável à espécie (Lei estadual 7.672/1982), circunstâncias que tornam inviável o recurso, nos termos das Súmulas 279 e 280 do STF. II - Agravo regimental a que se nega provimento. (STF - ARE 1020880 AgR / RS - RIO GRANDE DO SUL, Relator: Min. RICARDO LEWANDOWSKI, Data do Julgamento: 29/09/2017, Data da Publicação: 10/10/2017, Segunda Turma)

STF - ARE 1020880 AgR / RS - RIO GRANDE DO SUL

0 Recomendado Recomendar Salvo Salvar Compartilhar Citação
29/09/2017
10/10/2017
Segunda Turma
Min. RICARDO LEWANDOWSKI
Ementa Ementa: AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. PREVIDENCIÁRIO. PENSÃO. HABILITAÇÃO. RESERVA DE QUOTA POR GARANTIA. NECESSIDADE DE REEXAME DE LEGISLAÇÃO LOCAL E DO REEXAME DO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO. SÚMULAS/STF 279 E 280. AGRAVO A QUE SE NEGA PROVIMENTO. I - Para divergir da conclusão adotada pelo acórdão recorrido, seria necessário o reexame do conjunto fático-probatório constante dos autos e a realização de nova interpretação da legislação infraconstitucional local aplicável à espécie (Lei estadual 7.672/1982), circunstâncias que tornam inviável o recurso, nos termos das Súmulas 279 e 280 do STF. II - Agravo regimental a que se nega provimento.

STF - ARE 1020880 AgR / RS - RIO GRANDE DO SUL

{{ comment.author.nickname }} {{ comment.content }}
há {{ comment.createdAt }} - Remover Removendo
Confira as vantagens

Juristas cadastrados no Portal Justiça podem ter seu perfil profissional. Com um endereço exclusivo jurista.me/seunome. Seu perfil servirá para você ser encontrado por possíveis clientes através do Portal Justiça. Nele é possível informar suas áreas de atuação, mostrar sua trajetória, adicionar informações de contato e muita coisa ainda está por vir!

Além disso, juristas terão acesso a notificações em Diáros da Justiça sem nenhum custo. Para mais informações clique aqui

Temos muitas novidades ainda por vir, cadastre-se para receber notificações dos nossos lançamentos.

Abaixo um exemplo de como pode ficar seu perfil profissional no portal justiça:

Clique aqui para fazer o seu cadastro